RapidShare obrigado a verificar se ficheiros são ilegais

Segundo o The Verge, um tribunal regional de Hamburgo, na Alemanha, terá obrigado o serviço de partilha de ficheiros RapidShare a monitorizar de forma proativa os uploads. O objectivo é apanhar os ficheiros que infrinjam direitos de autor antes de chegarem à Internet.

Esta decisão confirma decisões anteriores de vários outros tribunais, que consideraram que o site não tem feito o suficiente para prevenir a pirataria.

Para cumprir com esta decisão, é provável que o site tenha de desenvolver algum tipo de software que efetue este controlo, dado que será impossível controlar todos os ficheiros que são enviados para o mesmo.

Todavia, o TorrentFreak chama a atenção para o facto de esta decisão ir contra uma outra do Tribunal Europeu de Justiça que no mês passado decretou que a rede social Netlog não deveria ser forçada a verificar proactivamente conteúdo dos utilizadores, dado que tal prática poderia constituir uma violação de privacidade.

Share on Myspace
Realtime website traffic tracker, online visitor stats and hit counter