Análise Samsung Galaxy S8+

04 julho 2017
Análise Samsung Galaxy S8+

Olá mais uma vez! Se não ficaram satisfeitos com a análise do Samsung Galaxy S8 e queriam saber como se comportava o seu irmão maior, o Plus, digamos que vos...

Análise Samsung Galaxy S8

25 junho 2017
Análise Samsung Galaxy S8

Boas pessoal! Primeiro que tudo vamos notificar-vos que temos uma nova parceria no nosso website, pois agora podemos contar com a ajuda da Samsung para vos trazer análises de equipamentos...

Análise BQ Aquaris U Plus 3GB

25 janeiro 2017
Análise BQ Aquaris U Plus 3GB

Boas pessoal! Certamente que já tinham saudades de uma das nossas longas análises, sendo que hoje vos trazemos um novo smartphone da BQ! O smartphone que vos chega é o...

Ericsson disponibiliza um update às opções de implementação do 5G

 

  • A mais avançada tecnologia do recente software de Novo Rádio (NR) autónomo possibilita tempos de resposta super-rápidos e uma nova funcionalidade que permite expandir rapidamente a cobertura do 5G
  • Novos rádios Massive MIMO permitem melhorar o desempenho e cobertura de 5G, com a maior eficiência de custo
  • Avançada solução tecnológica para serviços distribuídos na Cloud, corresponde às exigências do utilizador para aplicações de elevada largura de banda e baixa latência

 

Com as implementações de 5G a ganharem crescente atenção à escala global, a Ericsson (NASDAQ:ERIC) continua a ser líder, através da sua plataforma de 5G centrada nos prestadores de serviços, por via do lançamento de novas soluções de software e hardware que visam expandir as opções de implementação do 5G. As novas soluções expandem a capacidade e cobertura de rede, permitindo uma evolução de rede fácil e facilitando novos casos de utilização do consumidor e da indústria.

A Ericsson, que já dá apoio a prestadores de serviços de vanguarda através da implementação do 5G comercial com Novo Rádio (NR) 5G não autónomo (NSA), lançou agora o software de NR autónomo. Além de expandir as possibilidades de implementação, o software de NR autónomo 5G está orientado para uma nova arquitetura de rede, proporcionando vantagens essenciais, como latência ultrabaixa e uma cobertura ainda melhor.

A Ericsson está também a desenvolver a sua solução na Cloud através de uma oferta otimizada para informática avançada, por forma a responder às exigências dos utilizadores. Tal permitirá que os prestadores de serviços ofereçam novos serviços de 5G para consumidores e empresas, como a Realidade Aumentada e distribuição de conteúdo a baixo custo, com latência baixa e precisão elevada.

Fredrik Jejdling, Vice-presidente Executivo e Chefe de Redes da Área Comercial da Ericsson, afirma: "Continuamos a centrar os nossos esforços no auxílio aos nossos clientes para que estes sejam bem-sucedidos com o 5G. Estas novas soluções permitirão que sigam a evolução do 5G que melhor se adeque às suas ambições, da forma mais simples e eficiente possível".

 

Corresponder às necessidades das operadoras para assegurar uma evolução fácil com 5G autónomo e não autónomo

O novo software de NR autónomo 5G pode ser instalado no hardware existente do sistema de rádio da Ericsson. Juntamente com as soluções dual-mode Cloud Core de 5G da Ericsson, os novos produtos destinam-se a possibilitar novas oportunidades comerciais aos prestadores de serviços, especialmente com o estabelecimento de uma arquitetura que facilita a agilidade, proporciona suporte avançado de repartição de rede e permite a criação acelerada de novos serviços.

A maioria das operadoras começará com o NSA e, quando a cobertura do 5G estiver estabilizada, também implementará o autónomo.

As bandas baixas desempenharão um papel central na expansão rentável da cobertura fornecida pelas implementações do 5G até à data. A Ericsson lançou ainda a agregação de operadora de NR interbandas, uma nova funcionalidade de software que expande a cobertura e a capacidade de NR em bandas médias e elevadas quando combinadas com NR de bandas baixas. Tal irá melhorar as velocidades interiores em áreas com pouca cobertura.

Foram também adicionados dois novos rádios Massive MIMO ao portfólio de banda média de sistema de rádio da Ericsson, permitindo que os prestadores de serviços implementem o 5G com precisão: AIR 1636 para maior cobertura e um desempenho otimizado em maiores distâncias interligares; e, AIR 1623 para uma implementação local fácil, com custos totais de propriedade mínimos.

Solução de alta tecnologia para serviços distribuídos na Cloud

O 5G possibilita a Realidade Aumentada, distribuição de conteúdo e jogos, bem como outras aplicações que requerem baixa latência e largura de banda elevada para terem um desempenho preciso. De forma a ajudar os prestadores de serviços a corresponderem a estes requisitos e a oferecem novos serviços a consumidores e empresas, a Ericsson está a desenvolver a sua solução na Cloud com o lançamento da Edge NFVI (infraestrutura de virtualização de funções de rede) da Ericsson, otimizada para a extremidade da rede.

A Edge NFVI da Ericsson, uma solução compacta e altamente eficiente, faz parte da arquitetura Cloud orquestrada e gerida de ponta a ponta, que possibilita distribuir cargas de trabalho, otimizar a rede e permitir novos serviços na Cloud.

Programa de certificação para função de rede virtual – fornecedores

A Ericsson irá lançar também o serviço VNF de certificação de parceiros da Ericsson, um programa de certificação de parceiros para funções de rede virtual (VNF). O serviço está disponível para todos os fornecedores de VNF e concede uma certificação na plataforma de NFVI da Ericsson, utilizando a Ericsson Labs. Isto criará um ecossistema que visa diminuir o tempo comercialização dos produtos no mercado.

Hugh Ujhazy, Analista da indústria, Vice-presidente de IoT e Telecomunicações da International Data Corporation (IDC) Ásia Pacífico, afirma: "As ofertas mais recentes de 5G da Ericsson oferecem aos prestadores de serviços um portfólio de 5G ainda mais abrangente, ao adicionar uma opção de NR autónomo.  A série de soluções que está a ser adicionada à plataforma de 5G da Ericsson permitirá que os prestadores de serviços implementem o 5G racionalmente e abordem novas oportunidades de negócio com flexibilidade total. O que obtêm é mais rápido, mais barato, utiliza melhor os ativos existentes, e com menos manutenções. E isso é muito positivo".

Dana Cooperson, Diretora de Investigação da Analysys Mason, afirma: "A flexibilidade de arquitetura de rede 4G/5G ponta a ponta melhorada e os novos casos de utilização de 5G requerem a distribuição até à extremidade da rede. Para ter sucesso na prestação de novos serviços é essencial ter uma plataforma rentável para cargas de trabalho distribuídas. A iniciativa da Ericsson com a solução Edge NFVI e a arquitetura na Cloud distribuída contribuirá para o êxito dos prestadores de serviços no 5G".

Share on Myspace
Realtime website traffic tracker, online visitor stats and hit counter