Análise Samsung Galaxy S8+

04 julho 2017
Análise Samsung Galaxy S8+

Olá mais uma vez! Se não ficaram satisfeitos com a análise do Samsung Galaxy S8 e queriam saber como se comportava o seu irmão maior, o Plus, digamos que vos...

Análise Samsung Galaxy S8

25 junho 2017
Análise Samsung Galaxy S8

Boas pessoal! Primeiro que tudo vamos notificar-vos que temos uma nova parceria no nosso website, pois agora podemos contar com a ajuda da Samsung para vos trazer análises de equipamentos...

Análise BQ Aquaris U Plus 3GB

25 janeiro 2017
Análise BQ Aquaris U Plus 3GB

Boas pessoal! Certamente que já tinham saudades de uma das nossas longas análises, sendo que hoje vos trazemos um novo smartphone da BQ! O smartphone que vos chega é o...

A Verizon e a NEC apostam em nova tecnologia de fiber sensing

 

- Nova tecnologia pode ajudar os municípios a dar uma melhor resposta às necessidades dos seus residentes, visitantes e empresas -

 

Num recente teste de prova de conceito, a Verizon e a NEC Corporation conseguiram utilizar infraestrutura de rede com cabos de fibra ótica já existentes e instalados no solo, como sensores óticos distribuídos para obter informações sobre padrões de tráfego da cidade, condições da estrada, capacidade da estrada e informações de classificação do veículo.

A nova tecnologia de sensor ótico desenvolvida pela NEC, com software sustentado por inteligência artificial (IA), foi utilizada neste ensaio para uma monitorização inteligente do tráfego, incluindo a medição da densidade do veículo, direção, velocidade, aceleração, desaceleração e muito mais. Até aqui, as empresas tinham de colocar fibras muito à superfície, com entrecruzamentos de fibra em intervalos pré-definidos, para reunir e sintetizar este tipo de informação. Agora, com a tecnologia de sensor ótico desenvolvida pela NEC, foi possível à Verizon usar fibras não instaladas propositadamente para este fim, para gerar dados semelhantes. Esta inovação pode melhorar outras soluções que auxiliam funções públicas, nomeadamente ajudar os socorristas a detetar e responder a incidentes e aumentar a capacidade dos municípios de identificar mais cedo, com maior rapidez e eficiência, a deterioração de pontes, túneis e outras infraestruturas.

 

"Este teste representa um marco importante para a tecnologia, podendo representar um enorme passo em frente para quem constrói cidades inteligentes e para quem as está a gerir", referiu Adam Koeppe, Vice-presidente Sénior de Planeamento e Desenvolvimento de Tecnologia da Verizon, que acrescentou ainda que "em vez de estar a destruir o alcatrão existente para instalar nova tecnologia de deteção de tráfego, as cidades vão poder simplesmente tirar partido da rede de fibra ótica já existente da Verizon".

 

A Verizon está numa posição única para poder escalar esta solução por todo o país. Com centenas de milhares de quilómetros de fibra já em funcionamento e com o objetivo de instalar mais de 2.200 quilómetros adicionais de fibra por mês, a abrangência geográfica em que a Verizon pode explorar dados, para dar resposta às necessidades dos municípios, é substancial.

 

Detalhes técnicos sobre o teste

Os resultados foram alcançados através de um sistema de fiber sensing que coexistia com os canais de comunicação WDM (Wavelength Division Multiplexing) existentes na mesma fibra, com impacto mínimo na capacidade de comunicação de dados, tornando-o adequado para a sua implementação mesmo em redes congestionadas em termos de tráfego. Isto marca a primeira vez que um sistema de transmissão de dados de 36,8 Tb/s e um sistema ótico distribuído de fiber sensing foram demonstrados com sucesso através de uma rede de telecomunicações operacional. A Verizon e a NEC revelaram em conjunto os resultados deste estudo, no OFC 2019 (PDF em: https://www.osapublishing.org/abstract.cfm?uri=OFC-2019-Th4C.7 ).

 

Esta é a primeira vez, e para a mais longa distância, que os dados de deteção são recolhidos através de uma rede de telecomunicações operacional. Ferramentas de IA, como Redes Neuronais Convolucionais (CNN) e uma Máquina de Vetor de Suporte, foram utilizadas para tirar proveito da Informática de Tráfego Inteligente Distribuído (DITI). Utilizando apenas um único interrogador integrado, o sistema distribuído de sensores multiparâmetros avaliou várias propriedades da luz de dispersão, que pode ser usada para derivar a tensão estática, tensão dinâmica, acústica, vibrações e temperaturas para cada segmento de fibra. Isto permite aos utilizadores identificar as assinaturas detetadas e converter os sinais de dispersão em informações práticas, numa ampla gama de áreas anteriormente inatingíveis por sensores convencionais. Assim, com esta tecnologia exclusivamente da NEC, a Verizon pode utilizar redes de telecomunicações existentes, que não foram criadas para fins de deteção, para gerar novos dados valiosos e analisar automaticamente vários ambientes.

 

"A NEC tem um grande histórico de liderança na área de tecnologia de fibra ótica. Os resultados obtidos com este programa conjunto de pesquisa com a Verizon são um grande avanço para oportunidades de negócio em cidades inteligentes, especialmente para soluções destinadas a tornar as cidades mais seguras, como a conservação de estradas e a utilização de informações de tráfego. Estamos confiantes de que estas soluções de ponta vão contribuir para fornecer um novo valor significativo para as redes de fibra ótica", refere Atsuo Kawamura, Vice-Presidente Executivo da NEC.

Share on Myspace
Realtime website traffic tracker, online visitor stats and hit counter