Análise SpeedLink Jugger 2.1 Subwoofer System

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Boas pessoal, ainda antes de revelarmos a grande análise do ano, temos algumas novidades da alemã SpeedLink, uma marca que tem periféricos de todos os tamanhos e feitios para as diversas plataformas. Esta análise marca também uma novidade, pois, apesar de já termos analisado material de som aqui no InsideGeeks, nunca tivemos a oportunidade de avaliar um sistema de som completo, neste caso 2.1. É isto que a SpeedLink nos apresenta, o Jugger 2.1 sound system. Tem umas cores agressivas, ideais para que não quer passar despercebido. De qualquer forma, vamos ver o que nos oferece.

 

 

Primeiro contacto

A SpeedLink é uma marca que actua principalmente no seu mercado Natal, que é o mercado Alemão. Possivelmente poderiam não conhecer a marca, contudo, uma pequena visita ao seu website serve para demonstrar que esta empresa fabrica um pouco de tudo, com especial destaque para periféricos para gaming. E podemos ver que não tem gamas pequenas, pois possuem vários produtos, que vão desde as gamas mais acessíveis, até aos produtos mais caros e com mais características. Este sistema Jugger é uma das novidades da marca e promete um bom som, mantendo um preço acessível. A verdade é que características não faltam, será que cumpre?

Especificações

Speedlink Jugger 2.1

Take your games’ sound quality to the next level and transport yourself to a powerful dimension in sound with the JUGGER 2.1 Subwoofer System. It combines the quality of cutting-edge audio technology with the high standards you place on your speakers’ performance. The high-volume subwoofer with its superior quality driver unit and wooden housing delivers powerful, gutsy bass. Experience spectacular sound effects, such as bombs going off or shots being exchanged, in all their glory. The JUGGER 2.1 Subwoofer System won’t just get gamers’ hearts racing: besides the high-fidelity sound of action-packed gaming scenarios, it’s perfect for action movies and music. Simply connect the system to your PC, games console or TV, and use the practical desktop remote to connect an MP3 player, a microphone or a gaming headset.

 

Specifications

- Active 2.1 speaker system

- 35 Watt RMS output power, 70 Watt peak power

- powerful subwoofer with a wooden housing and high volume for extreme bass

- satellite speakers angled for optimal audio projection and with metal grill protectors

- separate practical volume and bass controls on the subwoofer

- on/off switch and auto power-saving mode for zero power wastage

- practical desktop remote with connectors for rapid switching between additional audio sources, a microphone or a set of headphones

- impressive symphony of sound for games – perfect for multimedia use

- easy installation

- rubber feet for acoustic decoupling

- audio adapter cable (1m) for connecting to a PS3, Xbox 360 or TV

- dimensions: subwoofer: 190 × 210 × 210mm (W × D × H), satellites: 130 × 105 × 130mm (W × D × H) x 2

Especificações fornecidas pela Speedlink

Embalagem

Esta é a embalagem do Speedlink Jugger 2.1, uma caixa grande, em que predomina o preto e o vermelho, assim como uma imagem do sistema de som. Temos inúmeros símbolos que nos indicam a compatibilidade com consolas, PC ou mesmo televisões, ou ainda símbolos que nos informam acerca deste muito interessante sistema.

Numa das laterais podemos observar mais atentamente uma foto do sistema ligado a um telemóvel, para ilustrar as possibilidades do sistema. Para além disso temos mais umas vezes as características importantes.

A traseira como sempre comporta as especificações técnicas, assim como algum texto em diversas linguagens, para melhor ajudar o comprador a escolher e saber mais acerca do produto.

Esta é a outra das laterais onde temos mais uma imagem das colunas, acompanhada de mais selos que nos permitem descobrir mais acerca do produto.

Após retirarmos a boa proteção da Jugger, ficamos com o que podem ver na imagem, que são os dois satélites, o subwoofer, manuais e alguns instrumentos extra que irão permitir a ligação destas colunas aos diversos suportes como pc, para além do controlo de volume muito interessante.

Até agora, estas Jugger estão a agradar, será que na performance conseguem?

SpeedLink Jugger 2.1 Subwoofer

Vamos começar por observar a unidade de Subwoofer que temos no Jugger. Em termos de design é um cubo preto, com uma grelha vermelha, tendo também o nome da marca abaixo.

No que toca a ligações, temos a alimentação, o botão de standby, um controlo de volume e outro para controlar o bass, juntamente com ligações RCA para input e output.

Este é o bass vent do subwoofer.

Passando aos satélites, podemos observar que seguem o mesmo padrão colorido na grelha, assim como o plástico. Têm uma ligação RCA para ligar ao subwoofer.

Aqui podemos ter uma vista traseira dos satélites, com detalhe aos pequenos suportes.

Este é o controlador de volume com a função de ligar microfone e headphones, permitindo assim uma comuta fácil entre colunas, para quando as podemos usar e headphones, para quando não é possível a utilização de colunas, de modo a evitar incómodos a terceiros.

Aqui temos toda a panóplia de acessórios que as colunas têm, desde um adaptador 3.5 para permitir a ligação de mp3, passando pelas RCA’s para televisões e consolas, acabando nos 3.5mm para PC.

No geral, parece um kit bastante diversificado, polivalente e bem construído. Será que isso se transmite em qualidade naquilo que interessa, o som?

Testes

Para utilização em computador, o SpeedLink Jugger vai ser utilizado através das saídas analógicas de uma placa Asus Xonar DG 5.1. Para uso de consolas, iremos ligar por RCA a uma PS3.

Qualidade de Som

Vamos começar por destacar a versatilidade deste conjunto. Vamos ver, querem utilizá-lo na vossa televisão? Não precisam de comprar nada adicional, basta ligar com as entradas RCA e têm um sistema 2.1 na vossa sala. Precisam de um melhor som na vossa consola? Também não há problema, podem fazer o mesmo que fizeram com a televisão. Pretendem ouvir músicas que possuam no vosso leitor de mp3? Basta ligar um cabo de 3.5mm à extensão incluída.

Para além disso, temos ainda um controlador de volume muito útil para manter em cima da secretária, por exemplo, devido à possibilidade de utilizar headphones ou microfone, para as sessões de gaming mais intensas.

Após escolhermos qual o dispositivo a usar, podemos então começar a apreciar a qualidade. Na base do subwoofer, temos dois potenciómetros, um que permite controlar o volume geral e outro que permite controlar a quantidade de “bass” no som. Como é óbvio, exagerar tanto num como no outro irá causar distorção, pelo que esta análise é baseada nos resultados que nos foi possível obter com ambos a meio.

Começando pela assinatura sonora geral, somos presenteados com um som quente, no qual o maior ênfase é dado aos graves. São graves que enchem a divisão, ainda que pudessem ser um pouco mais cuidados (no que toca à precisão). Contudo, cumprem muito bem pela sua extensão, o que não seria de esperar de um subwoofer de relativas reduzidas dimensões. Com uns devidos testes é possível chegar a um nível em que o bass não encobre o restante do espectro.

A gama média é bastante agradável, ainda que não seja de relevo, cumprindo no entanto o seu papel de reproduzir as partes vocais de músicas, ainda que não sejam aqueles médios quentes dignos de uns monitores de estúdio, mas também não estamos sequer perto desse preço.

Os agudos complementam exemplarmente o som, visto não se tornarem demasiado metálicos, nem sibilantes, estando apenas lá quando a música o requer.

Assim sendo, em termos de qualidade de som, estamos na presença de um conjunto quente e que cumpre muito bem a sua função, nesta gama de preços.

De notar também a potência do conjunto para encher uma sala com o seu som, tornando este conjunto muito agradável para a visualização de filmes, ou simplesmente umas sessões de gaming mais descontraídas, nas quais temos a principal função de relaxar.

Conclusão

Positivo

+ Som muito agradável

+ Qualidade de Construção

+ Versatilidade

Negativo

- O bass poderia ter mais controlo

Preço de venda recomendado: 49.99€ (preço médio)

Performance: 8/10

Preço:9/10

Qualidade de Construção: 8.5/10

Geral: 8.5/10

 

Devido à reduzida disponibilidade de produtos SpeedLink em Portugal, ainda não é possível encontrar o Jugger 2.1 em terras lusas, contudo recomendo a quem quer que procure um sistema destas características a ponderar esta proposta da SpeedLink. O som é extremamente agradável, sendo que possui uma versatilidade que poucos outros possuem, tudo isto com um preço muito agradável para a carteira.

 

Por tudo isto, não hesitamos em dar ao SpeedLink Jugger 2.1 Subwoofer System o nosso selo de recomendado pelo InsideGeeks!

 

Agradecemos à SpeedLink pela amostra do produto gentilmente cedida para análise.

 

Share on Myspace
Realtime website traffic tracker, online visitor stats and hit counter