Análise Sony HT-G700

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Boas pessoal, como sabem muitas das vezes o maior entrave à aquisição de um sistema de som é como é que o mesmo se integra no aspecto geral da divisão onde este vai ficar. É aí onde as soundbars entram em jogo, com um aspecto sublime e que encaixa bem em qualquer casa. E porque é necessário algo deste tipo? Para adicionar algum peso e sonoridade à televisão, que, por muito bom som que tenha de fábrica, não consegue competir com estes equipamentos dedicados. E a aposta que hoje temos é da Sony, uma marca que pedigree já bem conhecido tanto nos equipamentos de TV como de Som. Temos a Sony HT-G700 com um subwoofer wireless que permite a sua colocação onde mais gostamos, sem interferir e ser necessário passar cabos, assim como certificação Dolby Atmos. Vamos então ver o que esta soundbar oferece?

 

Primeiro contacto

A Sony é uma das marcas mais conhecidas (se não a de topo mesmo) em Portugal, no que toca a equipamentos domésticos. Desde TV’s, câmaras de vídeo, até portáteis, passando por auscultadores, assim como a grande consola de jogos PS4, podemos encontrar a qualidade Sony nos mais diversos artigos. Aqui temos a soundbar Sony HT-G700

Especificações

“Sony HT-G700

Deixe-se envolver pela TV e pelos filmes com som surround poderoso e dinâmico. Elegante e fácil de utilizar, esta barra de som Dolby Atmos® inclui ainda uma coluna central dedicada para um diálogo mais nítido.

Dolby Atmos/DTS:X de 3.1 canais e Vertical Surround Engine

O AE imersivo melhora o áudio até perto de 7.1.2 canais

Coluna central para diálogo mais nítido

Sons graves potentes com subwoofer sem fios

Modos de som para filmes e música melhorados

 

POTÊNCIA DE SAÍDA (TOTAL)

400 W

CANAIS DO AMPLIFICADOR

3.1 canais

TAMANHO DA UNIDADE PRINCIPAL – APENAS ESTRUTURA (L X A X P) 

980 x 64 x 108 mm

Especificações retiradas do site da Sony

 

Embalagem

Este é um unboxing de uma caixa ligeiramente maior que o normal no nosso site, por isso desde já pedimos desculpa por não ter um local propício para fotos.

A caixa é bastante grande, sobretudo para poder alocar o subwoofer. Temos uma imagem da soundbar instalada na parte direita da caixa, assim como algumas notas sobre este sistema, como os logos da Dolby Atmos, o facto deste ser um sistema 3.1 ou até mesmo do subwoofer.

Na parte inferior da caixa temos novamente o nome desta HT-G700 juntamente com uma imagem mais de perto da soundbar.

No que toca a detalhes exteriores, cobrimos tudo pelo que resta abrir a embalagem!

 

 

Todo o conteúdo da embalagem vem super bem acomodado para assegurar que não existem danos durante o transporte. Vemos também os manuais bem escondidos.

A nível de embalagem, temos a soundbar na parte inferior e o subwoofer na parte superior. Até agora nada de especial a nível de acessórios, temos um cabo óptico para ligar a soundbar à TV, que é mais do que suficiente. Passemos então ao equipamento.

Sony HT-G700

Vamos falar um pouco das capacidades destas Sony HT-G700. A nível do sistema, o mesmo é composto por um sistema 3.1, ou seja existe uma coluna central para dar mais ênfase ao diálogo quando se utilizam estas colunas como um home cinema. Temos um Subwoofer Wireless, o que significa que basta ligar o mesmo numa zona próxima da soundbar e ficam emparelhados! A nível de fontes de som para esta soundbar, e todo o sistema, podemos alimentar o mesmo de diversas formas. Temos diversas fontes na soundbar, desde HDMI, TV(Cabo óptimo) e até mesmo BT. Vamos começar pelo HDMI, que suporta ARC (ou seja pode enviar áudio upstream and downstream), este é um dos métodos que podemos usar caso queiramos usufruir dos diversos modos de som que esta soundbar tem, tal como DOLBY ATMOS. Na source denominada TV, temos o som proveniente do cabo óptico, mais uma vez uma excelente maneira de utilizar todas as potencialidades deste conjunto. A última possibilidade para utilizar esta soundbar é através de Bluetooth, sendo que é certamente a melhor maneira de colocar música através de um smartphone ou similar. A desvantagem é que neste modo apenas temos som Stereo sem nenhum codec especial do género aptX. Ainda assim a qualidade de som neste modo é muito agradável.

Falando agora de uma das principais razões pela qual esta soundbar estará na vossa lista de compras o facto de ser uma soundbar capaz de fazer decode a Dolby Atmos de dispositivos que o suportem, contudo não é possível recriar este mesmo som pois a ausência de colunas traseiras e de altura fazem com que esta seja uma experiência somente virtual. Não existe também a possibilidade de as adicionar posteriormente, o que é um ponto menos bom. Ainda assim, os efeitos de altura e surrond são muito bem emulados (tão bem quanto um sistema de 3.1 poderia fazer).

Este setup emulado corresponde a um sistema 7.1.2, que iria corresponder a colunas que iriam fazer altura real e colunas traseiras.

Relativamente ao subwoofer, uma das melhores partes deste sistema como iremos ver a frente, temos a grande vantagem de ser wireless, ou seja o posicionamento deste é completamente à vossa vontade, bastando ter uma tomada ao pé. O subwoofer conta também ele com uma saída de ar na parte frontal, para que possa ser colocado de costas contra a parede sem qualquer tipo de problema!

Passando à soundbar, que contêm as três colunas, é acabada num cinza muito escuro, com 980cm de comprimento, 64mm de altura e 108 mm de largura. Temos controlos no topo da soundbar, incluindo de selecção de entrada, tal como de controlo de volume. As modificações que são feitas neste âmbito podem ser observadas no pequeno display na frontal da unidade. A nível de inputs, temos o HDMI ARC out já mencionado e um entrada HDMI in também (dando flexibilidade à porta ARC), assim como o já mencionado cabo óptico de entrada. A nível de presets de áudio, temos a capacidade de dar decode a Dolby Atmos (como previamente mencionado) e DTS:X, temos também diversos presets de som, incluindo modos específicos para música e outros para Cinema, sendo que utilizam o sistema de Surround Vertical da Sony.

A nível de controlo remoto, o mesmo é simples de manusear e todas as funções se encontram prontamente disponíveis.

Qualidade de Som

Música

Som agradável algo limitado pela altura limitado da soundbar. Não é excessivamente brilhante como algumas soundbars tendem a ser, tendo um som quente e agradável de ouvir. O subwoofer aguenta perfeitamente basslines de música de todo o tipo, sendo que é sem dúvida o ponto mais capaz do conjunto. As três colunas tentam acompanhar o resto do espectro sonoro, mas é possível sentir uma falta de espaço para deixar a parte vocal das canções brilhar. Ainda assim, com o preset de Música, o som torna-se encorpado e agradável de ouvir, sendo que este é um sistema muito capaz para todo o tipo de música sem nunca se tornar fatigante. A facilidade de emparelhar por Bluetooth faz com que este sistema facilmente sirva para animar uma festa, tendo capacidade para encher uma sala sem qualquer tipo de problemas.

Cinema

 

Falo tanto de cinema como de TV e é neste âmbito que o sistema melhor funciona. Começando por um filme que não é mais que um videoclip dos Queen, “Bohemian Rhapsody” neste sistema (utilizando a versão Blu-Ray para ter a melhor qualidade possível), é algo fenomenal utilizando assim os presets de cinema para dar uma maior sensação de envolvência ao som (perdendo apenas um pouco nos médios). A sensação de ar e espaço que estas colunas conseguem oferecer é sensacional para um pequeno sistema 3.1, muito devido à capacidade de processamento de som da Sony com os seus presets. Passando à frente, com um filme mais de ação, “The Dark Knight” é algo sublime com a banda sonora de Hans Zimmer, mais uma vez sendo muito do som portentoso devido à excelente qualidade do SubWoofer, que é certamente a peça do conjunto que mais brilha na minha opinão. O mesmo ocorre com “Interstellar”, que é sentido de uma excelente forma, não só na banda sonora, como também nos diálogos cortesia da coluna central especifica para esse canal de som.

Tudo isto faz com que seja uma experiência verdadeiramente óptima, ainda que por vezes se sinta falta das colunas extra para tomar proveito de toda a potencialidade Dolby Atmos!

 

Conclusão

Sony HT-G700

Positivo

+ Decoding Dolby Atmos

+ Estética apelativa

+ Subwoofer Wireless

Negativo

- Para uso estritamente musical um sistema hi-fi tradicional traria melhores resultados

Preço de venda médio: 449,99 € (Preço médio)

Performance: 8.5/10

Preço:8/10

Qualidade de Construção: 8.5/10

Geral: 8.5/10

Esta soundbar HT-G700 é certamente uma compra certa para quem precise da capacidade de decoding de diversos conteúdos do género Dolby Atmos, asism como para quem precise de um sistema mais compacto.

Poder-se-ia dizer que peca por não ser possível adicionar colunas para completar o sistema (de forma a ter Dolby Atmos real), mas por muitas vezes, aquando da mudança do sistema, acaba por se mudar o sistema inteiro, nunca sobrando nenhum dos componentes.

Uma nota muito positiva ao Subwoofer sem fios que é certamente a melhor peça do conjunto dado a forma como enche a sala nas sessões de cinema, podendo ficar escondido devido à saída de ar frontal (podendo ser este encostado à parede sem afetar a acústica). Já a presença de uma coluna central na soundbar faz com que os diálogos se ouçam com muito detalhe e precisão. Juntar a isto a qualidade de processamento de áudio e todo um número de predefinições de áudio, algo que a Sony já é bem conhecida por ter, faz com que seja fácil recomendar esta Sony HT-G700 para quem procure uma soundbar que ofereça algo mais!

Deste modo é fácil recomendar a Sony HT-G700 como sendo um produto recomendado pelo InsideGeeks!

Agradecemos à Dulce e à Sony pela amostra do produto gentilmente cedida para análise.

 

 

Share on Myspace
Realtime website traffic tracker, online visitor stats and hit counter